FINAIS GLOBAIS DA WCS DE STARCRAFT II NA BLIZZCON

A World Championship Series 2017 de Starcraft II está em andamento e estamos muito felizes em anunciar que as Finais Globais ocorrerão na BlizzCon, nos dias 3 e 4 de novembro no Centro de Convenções de Anaheim! Confira aqui todos os detalhes do WCS deste ano.

Com o fim de 2016 se aproximando, as doces lembranças dos eventos de eSports de StarCraft II do ano vêm à cabeça. Da dominação de Dark e Zest na Coreia, no início de 2016, aos triunfos dignos de contos de fadas de Neeb e Byun, o ano foi repleto de grandes partidas e histórias instigantes. Com 2017 chegando em breve, esperamos continuar estabelecendo esses sucessos nos eSports de StarCraft II, além de aproveitar novas oportunidades na entrada do novo ano.

No lado da Coreia, nós mantemos nosso compromisso com o StarCraft de mais alto nível e fornecemos apoio aos melhores jogadores do mundo. Estamos felizes de trabalhar com nossos parceiros da AfreecaTV, que continuarão organizando a Liga Global de StarCraft II (GSL), além de alguns torneios de fim de semana para ajudar a suplementar o calendário competitivo e oferecer mais oportunidades para os jogadores competirem. As temporadas e torneios também estão programados de forma mais homogênea em 2017, em relação a 2016.

Para atender os jogadores do resto do mundo, manteremos o Circuito WCS, simplificando a estrutura para oferecer quatro eventos de campeonato com vagas diretas nas Finais Globais do WCS de fim de ano. Cada um desses eventos terá caminhos diretos para a classificação por meio de chaves abertas e eventos Challenger regionais fáceis de entrar, com a classificação ranqueada de volta em certas regiões.

No geral, é com muito prazer que anunciamos que a estrutura preparada para 2017 permanecerá a mesma em 2018. Além disso, estamos muito felizes de poder apresentar um calendário com todos os eventos planejados para 2017. Esperamos que apresentar com tanta antecedência o planejamento de vários anos, junto com a programação completa do ano que vem, ajude os jogadores a gerenciar melhor suas agendas e buscar oportunidades com segurança.

Destaques do WCS 2017

Premiação de US$ 2 milhões

Só nos eventos do WCS, os jogadores profissionais já terão mais de 2 milhões de razões para se envolver e competir em 2017.

Três eventos globais

Este ano, ouvimos o clamor por mais eventos globais e oportunidades para os jogadores coreanos e do Circuito se enfrentarem como esperamos. Desta vez, nos comprometemos a oferecer estrutura para pelo menos três eventos globais, com participação de jogadores tanto da Coreia quanto do Circuito. Cada evento terá uma personalidade única.

  • IEM Katowice – Na condição de carro-chefe anual dos eventos da ESL, o IEM Katowice, na Polônia, apresentará uma oportunidade inicial para que jogadores coreanos e do Circuito se enfrentem. Como um dos maiores eventos de eSports do mundo, também promete ser a maior reunião de jogadores profissionais de StarCraft II do ano. O WCS cobrirá os custos com transporte dos classificados coreanos e do Circuito, mas também oferecerá uma chave aberta e uma premiação robusta. E, assim como nos eventos do Circuito WCS e dos campeonatos GSL, o vencedor ganhará uma passagem direto para as Finais Globais do WCS.
  • GSL contra o Mundo – No meio do ano, teremos um evento muito especial na Coreia para que seus jogadores profissionais favoritos do Circuito e da Coreia possam competir entre si. Fique ligado para mais detalhes sobre o processo de seleção e a estrutura do evento.
  • Finais Globais do WCS – Claro, nenhum ano de eSports de StarCraft II está completo sem um campeonato mundial eletrizante no final. Assim como no ano passado, vamos reunir os campeões e os melhores jogadores do ano em um confronto. Três estrangeiros chegaram nas quartas de final em 2016. Será que eles conseguirão continuar ganhando terreno até o título supremo? Ou os jogadores coreanos manterão sua supremacia?

Suporte do Baú de Guerra de StarCraft

Na última BlizzCon, nós anunciamos o Baú de Guerra, um mapa do tesouro sazonal que os jogadores de StarCraft II podem comprar para ganhar acesso a conteúdo especial, como visuais de unidades, logotipos e muito mais. Uma parte da renda do Baú de Guerra será revertida para o WCS!

Coreia – A GSL está de volta; programação linear; torneios de fim de semana; melhores horários para fãs do resto do mundo assistirem

A marca mais antiga de eSports de StarCraft II está de volta em 2017, organizada pela AfreecaTV. Com três temporadas agendadas para durar o ano inteiro, além de eventos semanais como o IEM Gyeonggi e dois Supertorneios adicionais da AfreecaTV entre as temporadas, jogadores e torcedores verão um fluxo mais regular de eSports de StarCraft II vindo da Coreia. Os jogadores terão oportunidades mais consistentes de competir. E, por fim, boas notícias para os espectadores da América do Norte. Estamos planejando fazer transmissões da GSL às quartas-feiras, no horário tradicional de 18h30 (horário coreano), que também é noite no Sudeste Asiático/Austrália/Nova Zelândia e manhã na UE. As transmissões das sextas passarão para o sábado, às 13h da Coreia (20h/23h da sexta no Pacífico/Leste dos EUA), o que facilitará para o público norte-americano assistir aos eventos. Embora nenhum horário seja perfeito para todos, esperamos que esses favoreçam uma audiência mais ampla do GSL ao redor do mundo.

Circuito WCS – simplificando as coisas

O ano passado incluiu uma série de eventos diferentes ligados ao sistema WCS, alguns dos quais ofereciam uma vaga nas Finais Globais do WCS, enquanto outros simplesmente concediam pontos. A atuação de TRUE em Montreal no ano passado o catapultou direto para a BlizzCon. Mas a vitória de Ptitdrogo em Leipzig só deu pontos a ele. Uma vitória foi melhor do que a outra? Este ano, vamos simplificar as coisas. Quatro eventos do WCS ocorrerão em paradas DreamHack: Austin, Summer, Valência, Montreal. Vença e você está dentro das Finais Globais do WCS. Os jogadores ganharão pontos do WCS competindo nesses eventos, assim como nos Challengers regionais.

Requisitos de residência permanecem os mesmos

Os requisitos de residência do Circuito WCS permanecem os mesmos do ano passado. Os jogadores precisarão de comprovantes de cidadania, de residência permanente ou de um visto apropriado para competir e ganhar pontos no Circuito WCS. Um número mínimo de jogos ranqueados na região de residência também será exigido. Os detalhes completos serão divulgados nas Regras do WCS 2017. E, no lado da Coreia, qualquer jogador pode competir.

Challenger ranqueado

No ano passado, nós testamos o ranqueamento como método de classificação para os torneios Challenger europeus e norte-americanos. Após receber elogios e resultados positivos desse processo, vamos refinar e expandir o conceito este ano. Os Challengers regionais e ranqueados serão a única maneira de conseguir um lugar garantido em um evento de Circuito, e o número de vagas oferecidas dobrará para 16.

Estabilidade e compromisso

Pretendemos manter o mesmo formato de 2017 no WCS 2018. Embora os eventos e períodos exatos de 2018 ainda estejam em aberto, estamos comprometidos em garantir esta estrutura e esta premiação nos próximos dois anos para o WCS Coreia e o Circuito WCS.

Formato do WCS 2017

Posições do WCS Coreia

Assim como no ano passado, o WCS Coreia será aberto a todos os jogadores do mundo, e esperamos que continue a representar a região mais competitiva, onde apenas os melhores competirão. A maioria dos eventos sancionados acontecerá na Coreia.

Três temporadas da GSL ocorrerão em 2017, agendadas de forma linear durante o ano. Essas temporadas da GSL formarão a espinha dorsal da competição do WCS Coreia. Três outros torneios de fim de semana também serão espalhados pelo ano para oferecer oportunidades extras de os jogadores competirem. O primeiro desses torneios será o IEM Gyeonggi, em dezembro.

  • GSL – organizada pela AfreecaTV
    • Três temporadas
    • ₩ 170 milhões por temporada
    • 1º lugar - Vaga nas Finais Globais do WCS
    • Concede pontos no WCS Coreia
  • 3 torneios de fim de semana
    • Formato de fim de semana único
    • Pelo menos ₩ 30 milhões por evento
    • Concede pontos no WCS Coreia

Os três campeões de temporada GSL e os melhores jogadores nas posições do WCS Coreia receberão vagas diretas nas Finais Globais do WCS no fim do ano, totalizando 8 jogadores no WCS Coreia.

  • Campeão da 1ª Temporada da GSL (1)
  • Campeão da 2ª Temporada da GSL (1)
  • Campeão da 3ª Temporada da GSL (1)
  • Posições do WCS Coreia (5)*

*(se o vencedor do evento IEM Katowice for um competidor do WCS Coreia, somente 4 jogadores das Posições do WCS Coreia serão chamados para complementar o total de 8 jogadores do WCS Coreia nas Finais Globais do WCS)

Posições do Circuito WCS

O Circuito WCS continuará a ser a casa dos jogadores profissionais de StarCraft II da América do Norte (AN), Europa (EU), América Latina (AL, China (CN), Taiwan/Hong Kong/Macau (TW) e Austrália/Nova Zelândia/Sudeste Asiático (ANZ/SEA). Para competir no Circuito WCS, os jogadores precisam ser cidadãos ou residentes de uma dessas regiões. As regras de residência permanecem as mesmas do ano passado no geral. Os jogadores que não forem cidadãos ou residentes precisarão de um visto apropriado e terão que competir regularmente no ranqueado local da região escolhida. Outras orientações e regras completas de residência serão divulgadas em um post de Requisitos no futuro.

O núcleo do Circuito WCS são quatro eventos de campeonato, organizados pela DreamHack. Esses eventos acontecerão em Austin, EUA; Jönköping, Suécia (DH Summer); Valência, Espanha; e Montreal, Canadá). Para os jogadores da AN e da EU, o primeiro passo rumo a esses eventos serão as copas online e o jogo ranqueado. Um alto desempenho ali classificará para as Finais Challenger, em que os melhores jogadores ganharão prêmios em dinheiro e uma chance de obter uma vaga e uma viagem paga para o evento da DreamHack relacionado. Os métodos de classificação das outras regiões (AL, CN, TW, ANZ/SEA) podem variar e serão anunciados mais tarde por região. Para os jogadores capazes de bancar sua própria viagem, a DreamHack oferecerá um determinado número de vagas abertas para inscrição em cada evento. Fique ligado nos canais de comunicação da DreamHack e do WCS para saber mais.

  • Evento do Circuito WCS – quatro por ano, organizados pela DreamHack
    • Dreamhack Austin, Summer, Valência, Montreal
    • Premiações de US$ 100.000
    • 96 jogadores
    • 1º lugar - Vaga nas Finais Globais do WCS
    • Concede pontos no Circuito WCS
    • Vagas no Challenger
      • AN (4), EU (4), AL (2), CN (2), TW (2), ANZ/SEA (2)

  • Challenger Regional do WCS (AN, EU, AL, CN, TW, ANZ/SEA)
    • Vagas para eventos do Circuito WCS
    • Online
    • Um por parada do Circuito WCS
    • Premiações de US$ 10.000
    • Formatos e classificatórias são específicos por região
    • Concede pontos no Circuito WCS

Os campeões dos quatro eventos oficiais do Circuito WCS e os melhores jogadores das Posições do Circuito WCS ganharão uma vaga nas Finais Globais do WCS.

  • Campeão do WCS Austin (1)
  • Campeão do WCS Jönköping (1)
  • Campeão do WCS Valência (1)
  • Campeão do WCS Montreal (1)
  • Posições do Circuito WCS (4)*

*(se o vencedor do evento IEM Katowice for um competidor do Circuito WCS, somente 3 jogadores das Posições do Circuito WCS serão chamados para complementar o total de 8 jogadores do Circuito WCS nas Finais Globais do WCS)

E depois?

O IEM Gyeonggi dará início ao WCS 2017, com a GSL logo em seguida na Coreia! A primeira parada do Circuito chegará após Katowice, e teremos uma programação recheada depois disso. Estamos trabalhando com a IEM, a AfreecaTV e a DreamHack para definir os detalhes exatos de classificação e premiação e estamos compilado as Regras Oficiais detalhadas do ano. Você receberá essas informações no seu feed e na sua caixa de entrada muito em breve.